FRUSTRAÇÃO: APRENDA A SUPERAR AS ADVERSIDADES DA VIDA.

 FRUSTRAÇÃO: APRENDA A SUPERAR 

AS ADVERSIDADES DA VIDA.

Enquanto estamos nos sentindo seguros e confortáveis dentro das experiências que já conhecemos, não aprendemos como lidar com as adversidades e a superar os erros. Viver as batalhas que a vida nos impõe não é fácil. Mas, é possível superar as adversidades com uma boa dose de resiliência, atribuindo um novo sentido à experiência e criando oportunidades. Sempre iremos lidar com situações inesperadas, situações que nunca desejamos passar e nunca esperamos vivenciar. Haverá momentos em que se questionará porquê motivo tudo se tornou tão difícil e complicado.

Dificuldades virão de todos os lados para testar sua capacidade em lidar melhor com todas as adversidades. Haverá dias em que a frustração tomará conta, porém da mesma forma que esse sentimento vem repentinamente e persiste, somente você pode mudar isso, ou continuará vendo os acontecimentos como tragédias, apenas gerando dor e insatisfação, ou também pode reverter a situação, utilizando as experiências a seu favor e lidando da melhor forma que puder com isso. Aprender a superar as adversidades da vida é algo que se treina. Portanto, você pode e deve desenvolver essa habilidade emocional.

A frustração pode prejudicar as suas atividades diárias. Na sociedade em que vivemos, somos constantemente cobrados por ter uma vida bem-sucedida, um diploma, uma família feliz, uma condição financeira boa e estável. O prazer e a satisfação são cada vez mais alimentados como as únicas formas de se viver bem e, quando os planos não seguem o caminho esperado, desabamos. É preciso entender que isso acaba sendo altamente prejudicial para nossa saúde mental, se sentimos impotentes, fracassados, sem motivação e com baixa autoestima. Esses sentimentos acabam gerando o medo de tentar novamente, de arriscar, de projetar os sonhos mais longe e realizar cada ação para chegar até eles.

A ansiedade, o estresse e a impaciência aumentam, gerando um desconforto constante. 

Não aprendemos a lidar com frustrações frequentes, a superar as dificuldades e, nos apegamos facilmente ao conforto de não arriscar para fugir de situações adversas. Grande parte das pessoas, ao se sentirem frustradas, fogem da situação que levou a frustração, ignorando seus sentimentos e desistindo do que queriam, evitam situações parecidas no futuro, por medo de se frustrar novamente, compensam suas frustrações com comportamentos que podem ser danosos para sua saúde ou deixam a frustração dominar suas vidas, até que fiquem sem nenhum poder de ação.

Todas essas tentativas de eliminar a frustração geram consequências negativas para o futuro. Se você só reclamar, não encontrará a saída, terá ainda mais dificuldades em superar, mudar os pensamentos para ajudar e não piorar a situação.  Quando começar a aceitar a realidade dos fatos, acreditar em sua capacidade de realização e agir, conseguirá construir o caminho da superação e entender de que as coisas que aconteceram devem servir para lhe fortalecer, e não para lhe derrubar, assim você consegue se manter ativa na busca, conquistar a felicidade a e satisfação que deseja.

Lembre-se que a frustração é normal e pode acontecer a todos, principalmente quando as expectativas não foram satisfeitas ou um objetivo não foi alcançado. Seja qual for o motivo, é importante aprender a lidar com este sentimento e entendê-lo de forma positiva, aprendendo com seus erros e mudando as estratégias que resultaram na frustração. A vida não é uma fórmula matemática, e as coisas podem não sair como planejadas, e justamente pela falta de preparo emocional para enfrentar as adversidades, a frustração pode te dominar. A persistência é fundamental para que seus projetos tenham o fim esperado. Então, ver as coisas de outra forma, atribuindo-lhes um novo significado, mudando a perspectiva, te ajudará a perceber o que sente e quais as melhores formas para lidar com situações que te levam à frustração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA - CARTAS A UM JOVEM TERAPEUTA

❤️ COMO LIDAR COM A DEPRESSÃO?

ASSUMA UM COMPROMISSO COM VOCÊ MESMO!